Telecurso oferecerá qualificação para profissionais da área de mecânica

Por Cristina Salvadeo em 1 de abril de 2010
No próximo dia 5/4/2010, às 19h, será lançado no Centro Cultural Fiesp Ruth Cardoso, na capital paulista, o Telecurso Profissionalizante de Mecânica. A ferramenta é voltada à qualificação e aperfeiçoamento profissional de um setor responsável por mais de 880 mil postos de trabalho em todo o país nas famílias ocupacionais da área, segundo a última Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), publicada pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

A iniciativa é uma realização da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP), do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) e da Fundação Roberto Marinho (FRM). A cerimônia será conduzida pelo jornalista Zeca Camargo e contará com as presenças do presidente da Fiesp, do Sesi-SP e do Senai-SP, Paulo Skaf, e do presidente da Fundação Roberto Marinho, José Roberto Marinho.

O Telecurso Profissionalizante de Mecânica é direcionado a quem deseja obter capacitação ou ampliação da qualificação profissional no segmento. O curso é indicado a pessoas que não dominam a teoria da área e pode ser adotado por empresas interessadas em aumentar a especialização de sua mão de obra, com reflexos diretos na competitividade da produção.

O programa estreia na Rede Globo no dia 5 de abril, e será veiculado de segunda a sexta-feira, às 5h15.

O curso será apresentado em 19 módulos independentes, o equivalente a 395 aulas distribuídas em 42 DVDs ou 800 horas, permitindo que o aluno acompanhe toda a grade ou escolha os módulos de seu interesse para, posteriormente, realizar as provas teóricas. Para obter a certificação de cada módulo, o estudante deve ter no mínimo 16 anos e Ensino Fundamental completo.

As teleaulas e os livros de apoio foram atualizados e revisados por 38 docentes do Senai-SP, contabilizando 35.441 horas de trabalho técnico. Todos os livros e aulas também foram transcritos na Língua Brasileira de Sinais (Libras) pela Escola Senai Ítalo Bologna, referência em capacitação para portadores de necessidades especiais, ampliando a inclusão de pessoas com deficiência auditiva.

Para o presidente da Fiesp, do Sesi-SP e do Senai-SP, Paulo Skaf, a oferta de cursos profissionalizantes por meio do Telecurso é mais um passo para a ampliação do acesso à educação em todo o Brasil. “Esse projeto vem se somar a um conjunto de ações adotado pela indústria paulista”, afirma Skaf. “Queremos que todas as pessoas tenham as mesmas oportunidades. Para a Fiesp e seus braços de capacitação e serviços sociais, isso significa oferecer educação regular de excelência por 12 anos, dar acesso ao Ensino Médio articulado com o Senai-SP e oferecer ferramentas que ampliem a formação profissional, permitindo a todos qualificação para ingresso ou aprimoramento no mercado de trabalho.”

José Roberto Marinho, presidente da FRM, ressalta que, quando foi lançado, em 1995, o Telecurso Profissionalizante foi um marco ao oferecer, pela primeira vez, qualificação profissional pela televisão brasileira. “Hoje, a Fiesp, o Sesi-SP, o Senai-SP e a FRM renovam esse compromisso de levar, ao maior número possível de pessoas, novas oportunidades no mercado de trabalho em uma área como a mecânica. Temos muito orgulho desse programa e acreditamos que o Telecurso Profissionalizante de Mecânica tem tudo para ser um novo marco para a parceria Fiesp/Sesi-SP/Senai-SP e a FRM”.

A área de mecânica foi escolhida para integrar o programa profissionalizante do telecurso em função de sua abrangência e por oferecer diversas oportunidades profissionais. Segundo dados da última RAIS, dos 880.120 empregados nas famílias ocupacionais da área de mecânica no Brasil, 62% estão concentrados na região Sudeste e atuam majoritariamente (69%) na indústria de transformação, com presença marcante nos segmentos automobilístico e de bens de capital.

Serviço
Lançamento Telecurso Profissionalizante de Mecânica
Data: 5 de abril
Horário: 19h
Local: Centro Cultural Ruth Cardoso - Av. Paulista 1.313, térreo – São Paulo – SP

Fonte: Tiago Cordeiro - Coordenador de Redes Sociais (SESI-SP/SENAI-SP/FIESP)

0 comentários:

Postar um comentário