210 mil vagas na Rede Nacional de Ensino à Distância para os profissionais da segurança pública

Por Cristina Salvadeo em 14 de agosto de 2009

Rede Nacional de Ensino a Distância

Os profissionais de segurança pública de todo o país podem se inscrever, de 14/08/2009 a 18/08/2009, para as 210 mil vagas que foram abertas pela Rede Nacional de Educação à Distância (EAD), do Ministério da Justiça. São oferecidos cursos voltados para policiais civis, policiais militares, peritos, bombeiros, agentes penitenciários e guardas municipais.
No 16º ciclo, as 180 mil vagas oferecidas se esgotaram em menos de 24 horas de inscrição. Os cursos com duração de 40 horas serão realizados entre os dias 9 de setembro e 13 de outubro deste ano. Os de 60 horas de aula vão até o dia 27 de outubro.
Os participantes que recebem salário inferior a R$ 1,7 mil poderão, ainda, aderir ao projeto Bolsa Formação, do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).
Com foco na qualificação e valorização profissional, o projeto garante um incentivo mensal de R$ 400 para quem participa dos cursos. Um rendimento adicional que representa, em muitos estados do país, até um terço do salário dos policiais.

Mesmo à distância, os alunos contam com a ajuda de tutores que trabalharão para tirar dúvidas, interagindo com a turma, estipulando as tarefas e avaliando os trabalhos produzidos pelos estudantes.
Além do material de apoio, os alunos desses cursos também aprendem por meio de vídeos e de debates que podem ser acessados a qualquer momento pela internet.
Para dar suporte aos profissionais que não ainda têm acesso à internet, o Ministério da Justiça coloca à disposição 270 telecentros em todo o país com computadores e equipamentos de áudio e vídeo.
Informações podem ser obtidas no site www.mj.gov.br/ead.

Fonte: Diário Catarinense Online

0 comentários:

Postar um comentário