Aberta a seleção para os Polos Regionais e Nacional da Rede Nacional de Formação para Inclusão Digital

Por Cristina Salvadeo em 11 de março de 2010
Foi publicado no dia 10/3/2010, no Diário Oficial da União, os avisos de chamamento público para seleção de entidades para a condução dos Polos Regionais e Polo Nacional da Rede Nacional de Formação para Inclusão Digital.

A Rede Nacional de Formação para Inclusão Digital é um conjunto de atividades de qualificação de agentes de inclusão digital dos telecentros apoiados pelo Programa Telecentros.BR. O Ministério do Planejamento coordena as atividades da Rede de Formação, que promove ações conjuntas entre órgãos federais, Estados, Municípios e sociedade civil.

O Curso de Formação de Monitores do Telecentros.BR é o primeiro projeto da Rede de Formação.A meta é formar dez mil monitores dos telecentros apoiados pelo Programa Telecentros.BR, que são as pessoas responsáveis pelo atendimento ao público no espaço do telecentro, auxiliando os frequentadores no uso das tecnologias de informação e comunicação como ferramentas para alavancar transformações sociais na comunidade.

A formação será realizada no período de 2010 a 2011, por meio de um curso de
qualificação básica de um ano de duração, *na modalidade a distância*, com 480 horas de duração. O curso está estruturado em dois eixos pedagógicos: a)elaboração, implementação de projetos comunitários e b)acesso a conteúdos e atividades formativas a partir de quatro eixos temáticos - Gestão do telecentro, monitoramento e avaliação; Participação comunitária; Tecnologia da informação; Produção e publicação de conteúdos.

A implementação do curso ficará sob a responsabilidade de cinco Polos Regionais, um para cada região do Brasil (Norte, Nordeste, Centro-Oeste,Sudeste e Sul) e do Polo Nacional, que fará a coordenação pedagógica e a supervisão geral das atividades.

Os cinco Polos Regionais e o Polo Nacional serão conduzidos, cada um, por uma entidade habilitada, selecionada por meio do aviso de chamamento público. Poderão participar da seleção órgãos ou entidades da administração pública direta ou indireta, das esferas federal, estadual, distrital ou municipal, e entidades privadas sem fins lucrativos.

O Ministério do Planejamento fará a descentralização financeira, tendo como
parâmetro o valor de R$ 1.500.000,00 por proponente, para a execução de
atividades ao longo de 18 (dezoito) meses.

A seleção levará em conta a experiência prévia demonstrada pela proponente, sua capacidade técnica operacional, além da qualidade técnica da proposta e a adequação do orçamento apresentado.

O prazo final para envio de propostas impressas é 9 de abril de 2010.

Maiores informações: http://www.inclusaodigital.gov.br/telecentros/rede

0 comentários:

Postar um comentário