Universidade Aberta do Brasil pode iniciar aulas em 2010

Por Cristina Salvadeo em 18 de setembro de 2009
Falta apenas a autorização do MEC (Ministério da Educação) para aprovação dos cursos que serão ofertados pelo pólo da UAB (Universidade Aberta do Brasil), em Ivaiporã.

Segundo o secretário municipal de Educação, Geraldino Proença, a implantação do pólo da instituição já foi publicada no Diário Oficial da União e consta no site da instituição.

Criada pelo Governo Federal, na gestão do presidente Luís Inácio Lula da Silva, o projeto tem como principal objetivo ampliar a oferta de cursos de educação superior para todo o Brasil.

Para isso, são realizadas articulações entre as instituições públicas de ensino superior, estados e municípios, para oferecer cursos de graduação e pós-graduação na modalidade à distância.

No início do ano, uma comissão do MEC visitou as instalações do pólo do Programa Pró-Licenciatura da UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa), que funciona anexo ao Colégio Estadual Barão do Cerro Azul, quando, na ocasião, foi assinado um termo de adesão à UAB. O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, apoiou a iniciativa do município, que recebeu a posição positiva do Ministério da Educação.

Na sequência, a administração municipal fez contato com a UEPG, uma das instituições credenciadas a oferecer os cursos pelo programa, que já encaminhou ao MEC a aprovação de cinco cursos de graduação superior e três de pós-graduação.

A UAB irá usar as mesmas instalações do Pólo de Pró-Licenciatura da UEPG.

O município solicitou à UEPG a abertura de vagas para os cursos de Pedagogia, Geografia, História, Letras e Educação Física; e especialização em História da Arte e Cultura, Educação Física Escolar e Gestão Educacional. “Acredito que, em 2010, já estaremos com as turmas em funcionamento”, comentou o secretário de Educação. A UEPG só aguarda a autorização do MEC, para iniciar o trabalho de montagem dos laboratórios, contratação dos monitores e anúncio da data do vestibular.

Os cursos que serão oferecidos no Pólo da UAB serão gratuitos e os diplomas serão emitidos pelas instituições de ensino. Além disso, terão a mesma validade daqueles emitidos para os universitários que freqüentam as aulas presenciais. Ou seja, os alunos que concluírem os cursos, e que, por exemplo, forem oferecidos pela UEPG, terão um diploma emitido por essa instituição.


Geraldino Proença explicou que poderão ser feitos contatos com outras instituições de ensino público superior, que tenham sido aprovadas para o programa e que podem oferecer outros cursos. “Nós poderemos abrir um curso e formar duas ou três turmas e, depois, procurar outro tipo de especialização”, citou. A metodologia oferecida será a semi-presencial com certificação.

Durante o mês, os alunos terão que comparecer alguns dias ao pólo, para a retirada de material de estudo, assistir às aulas, fazer provas e cumprir determinada carga horária, através de atividades e estudos via internet.
O acesso pode ser feito em casa ou no laboratório do Pólo.

“O próprio sistema registra a entrada do aluno na aula, o que estudou e quanto tempo ficou. Assim, calcular se ele cumpriu a carga horária determinada”, explicou. Além disso, o aluno pode utilizar a biblioteca virtual, disponibilizada para cada curso, com uma infinidade de títulos.

O Departamento Municipal de Educação deverá buscar parceria para oferecer alguns tipos de cursos, como, por exemplo, Educação Física.

Dessa forma, serão envolvidos clubes e entidades esportivas, além de utilização de estruturas como quadras de esportes para as atividades extracurriculares.

“Para Ivaiporã, é uma grande conquista! Assim, possibilitará que mais pessoas tenham acesso à educação superior. Assim, o Pólo trará mais movimentar a cidade”, destacou.

Cada curso deve oferecer entre 25 a 40 vagas por turma. Metade das vagas será reservada para professores e a outra para a população que concluiu o ensino médio. Atualmente, no Paraná, há 56 pólos instalados em 51 municípios. Na região, estão em funcionamento os pólos de Reserva, Palmital, Nova Tebas e Faxinal.
Fonte: Paraná Centro - PR

0 comentários:

Postar um comentário